Pages Navigation Menu

No Brasil, sete em cada 10 alérgicos manifestam a doença nos olhos

No Brasil, sete em cada 10 alérgicos manifestam a doença nos olhos

Segundo o oftalmologista Leôncio Queiroz Neto, as crianças são um dos principais grupos de risco para desenvolver doenças alérgicas. Isso por que o sistema imunológico delas não está completamente desenvolvido e toda alergia é uma resposta exagerada deste sistema a uma substância estranha ao organismo.

O profissional também chamou a atenção para o fato de que quando a criança precisa tomar antibiótico antes dos seis meses, ela terá mais predisposição a se tornar um adulto alérgico, pois o medicamento desregular a imunidade. Outros grupos de risco são mulheres frequentemente expostas aos cosméticos na área dos olhos e idosos, devido à diminuição da lágrima que protege a superfície dos olhos de agressões externas.

Para evitar o ressecamento da lágrima e diminuir as crises de alergias nos olhos, Queiroz Neto dá algumas dicas de hábito e alimentos para serem consumidos. Confira:

» Frutos e legumes ricos em vitamina A – cenoura, mamão, manga, agrião, couve.

» Fonte de vitamina E – nozes, amêndoas, manteiga, gérmen de trigo.

» Incluir na dieta alimentos que contêm ômega 3 – semente de linhaça, sardinha, bacalhau e salmão.

» Evitar carne bovina, carboidratos e gordura.

» Proteger os olhos do vento, poeira, fumaça e produtos em spray.

» Eliminar o uso de aquecedor de ambiente que retira a umidade do ar.

» Evitar o uso de travesseiros de pena e produtos em pó.

» Manter os ambientes livres de poeira e com vasilha de água para hidratar o ar.

» Beba água com frequência para hidratar o corpo.