Pages Navigation Menu

Catarata

catarataA catarata é doença ocular relacionada à opacidade de cristalino, que é uma lente que fica dentro do globo ocular logo atrás da íris (nos casos avançados, pode-se perceber uma opacidade esbranquiçada na pupila).

O sintoma principal é baixa de visão, mesmo com óculos, em geral lentamente progressiva e pode ocorrer em um ou nos dois olhos. O diagnóstico é feito no exame oftalmológico, pois a baixa visual ocorre também em outras doenças.

Quando a capacidade visual está aquém das necessidades habituais (a pessoa não consegue enxergar o que precisa); deve analisar-se a possibilidade de recorrer à cirurgia. A cirurgia consiste na substituição do cristalino natural que está opaco, por um cristalino artificial (Lente Intraocular). A lente intraocular pode ser de diversos desenhos, fabricantes, modelos, materiais etc. A escolha deve ser de acordo com as necessidades do paciente.

A cirurgia proporciona melhora na acuidade visual na grande maioria dos casos; porém em cerca de menos de 5% dos casos pode não haver melhora ou até piora da visão; principalmente quando o paciente já apresenta outras doenças como, por exemplo, diabetes, doenças degenerativas da retina etc. Pode ocorrer, em poucos casos, dificuldade de se implantar a Lente Intraocular, para esses pacientes, existem os recursos de Lente de Contato ou o Implante Secundário da Lente Intraocular (implante feito em uma segunda cirurgia).

Após a cirurgia a visão se estabilizará progressivamente no decorrer das semanas, quando então se avaliará a necessidade de óculos.

É frequente, com o passar do tempo, ocorrer opacidade da cápsula Posterior do Cristalino; esta pode ocorrer precocemente ou levar alguns anos. Esta situação é resolvida com aplicação de LASER (YAG). Após a alta o paciente deverá, periodicamente ou quando sentir alguma necessidade, ser acompanhado pelo oftalmologista a cada seis meses para verificação da controle da pressão ocular, fundo de olho etc.