Pages Navigation Menu

Prevenção para o glaucoma: existe ou não existe?

Prevenção para o glaucoma: existe ou não existe?

Prevenção para o glaucoma: existe ou não existe?

O glaucoma é uma doença ocular que é caracterizada pelo dano ao nervo óptico e ao campo de visão, sendo a pressão intraocular o maior fator de risco. Vale lembrar, que o glaucoma é o principal causador da cegueira irreversível.

Os maiores fatores de risco que contribuem para o aparecimento da enfermidade são a diabetes, traumas oculares, idade e, se há outros casos na família. Na questão da idade, os casos, geralmente, aparecem depois dos 35 anos, mas se engana quem pensa que não existem portadores entre os adolescentes e crianças.

Estatisticamente, o glaucoma é uma doença que cresce gradativamente, é o que afirma o International Agency for Prevention Of Blindness ( IAPB), órgão que realizou um estudo feito com projeções. De acordo com a pesquisa, até o ano de 2040, o número de pacientes diagnosticados com o problema será de mais de 110 milhões de pessoas.

Por ser uma doença que tem base genética, não existe nenhum método capaz de prevenir o aparecimento da doença. Entretanto, tomar cuidados clínicos, como por exemplo, visitar o oftalmologista regularmente, procurar saber se existem casos na família e adotar medidas de proteção, ajudam em um diagnóstico precoce, este que é fundamental para evitar danos maiores.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *